terça-feira, 22 de setembro de 2009

Madeira, 24 de Abril de 1974

Acabei de assistir, hoje, dia 22 de Setembro de 2009, numa inauguração nos Canhas, a uma cena que nunca imaginei ser possível. Um cidadão (Manuel Relva), foi identificado a mando do AJJ por um tal de comissário Sousa. E foi identificado simplesmente porque não retirou as mãos dos bolsos para cumprimentar S. Excia. Este insistiu apertando-lhe o antebraço e o "criminoso", mantendo as mãos nos bolsos, respondeu-lhe que não o cumprimentava e que não era do partido dele. O AJJ virou-se para o tal Comissário e ordenou: "Identifiquem este sr.!" Se me tivessem contado teria dado um desconto pois suporia tratar-se de gabarolice de "prisioneiro político". Felizmente assisti a tudo. Porque conheço a pessoa em causa e porque estava a olhar para aquele ponto apercebi-me da situação e vi S. Excia a dar a ordem a um dos "seguranças" (comissário da polícia à civil, de fato azul escuro e gravata e auricular). Aproximei-me rapidamente, acompanhando a situação, enquanto o comissário levava discretamente o "criminoso". Dirigindo-me ao comissário disse-lhe coisas do género: "Felizmente estou aqui a assistir a isto para ter consciência da merda que isto é". "Pretendo acompanhar a chamada identificação deste sr." "Isto é assim?! Ainda bem que aconteceu pois acabei de perder qualquer ingenuidade política que ainda tivesse!" Já estaria-mos a 10 metros da orla da multidão. O sr. Comissário puxa do seu cartão plastificado e pergunta-me se sei quem ele é. Respondi-lhe, olhando-o bem nos olhos, que suponha que era uma autoridade qualquer mas que isso era-me indiferente. Respondeu-me ele que era o Comissário Sousa e ordenou-me que me afastasse. Respondi-lhe que não me afastava e perguntei-lhe quantos metros previa a lei que eu me afastasse! Chamou um agente da PSP e virando-me as costas entregou o "perigoso criminoso" ordenando que fosse identificado. O agente da PSP (Nunes), porque gostam de violar os direitos das pessoas de forma discreta, afastou-nos uns 70 metros da multidão que se mostrava indiferente como carneiros a caminho do matadouro e procedeu à identificação de forma envergonhada!
Voltei à "festa" esperançado que depois dos discursos S. Excia ainda distribui-se uns apertos de mão mas isso não aconteceu! Queria ver o que é que o Comissário Sousa (ele e mais dois rondavam o AJJ constantemente) ia fazer quando eu não cumprimentasse S. Excia e olhando-o nos olhos o desafiasse a mandar-me identificar.

Publico este meu testemunho, no meu próprio blog, para que eu não esqueça que estas coisas acontecem na Madeira, 35 anos depois do 25 de Abril!

E assino para que o Ministério da Administração Interna possa me processar por difamação!

António Manuel Spínola de Freitas

P.S.: Ainda foi preciso sossegar a família do "criminoso", explicar-lhes que ninguém pode ser obrigado a cumprimentar S. Excia e que quem procedeu mal foi este!
Desafio os membros da oposição, durante esta campanha, a recusar o cumprimento de S. Excia. Este desafio é lançado a todos, ao militante mais humilde bem como ao mais vaidoso líder partidário!

12 comentários:

Furia do Cajado disse...

Da carta sobre a Cultura do Medo:
«curvo-me respeitosamente, isso sim, perante aqueles que, vivendo o quotidiano nessa região, ousam fazer da sua verticalidade um hino à coragem e à esperança de virem a usufruir a autonomia na sua verdadeira plenitude»

Andesman disse...

Senhor AMSF peço permissão para publicar este seu post no meu blogue.

amsf disse...

Esteja à vontade...estas situações só terão consequências se forem divulgadas e devidamente interpretadas. Infelizmente, nalguns meios, a vítima ainda passa por culpada...

Luísa Henriques Gouveia disse...

É simplesmente vergonhoso! Estas situações não podem continuar!

Donato Macedo disse...

Caro António, do que acabaste de relatar, fico agradavelmente surpreendido pela nossa polícia se preocupar com a boa-educação dos cidadãos. O plano ético tem também uma dimensão prática na ordem pública. Pena é que certos políticos que se escandalizam com os apertos de mão recusados, verbalizem impropérios ainda que em língua inglesa como "fuck them"...Oh! Pena é, que nem todos os polícias percebam inglês.

Arrastão disse...

Desculpem o abuso. Mas só para informar que o Arrastão está a fazer um inquérito às intensões de voto nas próximas autárquicas em 38 concelhos. Funchal é um deles. Se quiserem ajudar a divulgar... Obrigado.

Anônimo disse...

deixo aqui o meu comentario sem querer defender qualquer partidario, mas cada um tem a sua versao e o seu ponto de vista , eu tb presenciei eis aqui o meu ponto de vista ,era um dia de festa e de comemoraçao, de conviavilidade e faternizacao todos os cidadaos(nao politicos) forao entao convidados a comemorar algo de importante para nos os residentes que durantes varios meses suportamos barulhos, poeiras e toda a poluiçao visuale sonora, mas felizes graça a estas obras nossas casas têm um acesso aos nossos carros e a mercadorias etc... sem falar da valorisaçao dos terrenos e o salario que deu a vdezenas de pessoas ,em qualquer parte do mundo acontecem controles de identidade, nao é de escandalizar como diz o velho ditado : QUEM NAO DEVE NAO TEME, é assim que muitos foragidos da justiça e criminosos sao apanhados , essa tal pessoa refusava de tirar as maos do bolso e se estivesses armado e com mas intençoes ?
essa tal pessoa é candidato a presidente à junta de frequesia dos canhas ,o fato de nao apertar a mao a un adversario politico nao me aspirou confiança e envergonhou muitas pessoas que presenciarao o fato que foi muito comentado, suponhamos que ele conseguia se eleger e refusaria de apertar a mao aos cidadoes dos canhas que nao erao do mesmo partido dele!!!
se veio como cidadao cometeu um ato pouco digno de um catolico, se veio como politico veio por provocaçao que ficasse em casa ou no carro da propaganda do PS que estava estacionado a 100 metros dali

amsf disse...

Caro anónimo,

-O sr. Manuel Relva não estava lá enquanto candidato político, estava enquanto morador na zona e integrado num conjunto de pessoas maioritariamente da sua família.
Eu sim, estava a 3 metros de distância, estava como político como estavam os membros do PSD Ponta do Sol e Funchal, etc.

- Perante o que escreveu e que abaixo reproduzo só posso concluir que só pode estar a brincar!!!
"nao é de escandalizar como diz o velho ditado : QUEM NAO DEVE NAO TEME, é assim que muitos foragidos da justiça e criminosos sao apanhados , essa tal pessoa refusava de tirar as maos do bolso e se estivesses armado e com mas intençoes ?"

-Quem não se sente não é filho de boa gente. Dois dias antes, o seu herói, pessoa muito educada como se sabe, chamara aos candidatos do PS da Ponta do Sol de traidores (e outras coisas semelhantes) e mentira descaradamente sobre a nossa posição em relação à Marina do Lugar de Baixo e à futura estrada de acesso aos Canhas e o sr. anónimo estava à espera que o sr. Manuel Relva o cumprimentasse efusivamente?!

- Se souber quem tem andando a arrancar os nossos cartazes, a atirar lama aos nossos cartazes (nem têm a inteligência de alterar o modus operandi de forma a dar a ideia de que são populares e não apenas uma "equipa" do PSD; se souber quem danificou o nosso Cartaz gigante com a equipa principal do PS Ponta do Sol na rotunda junto à chamada "Fábrica da banana" (entre as 22:30 e as 23:45 do dia 30 de Setembro) agradecia que o revelasse pois pode crer que EU PRÓPRIO A ESSES SENHORES CUMPRIMENTARIA DE FORMA MUITO EFUSIVA! Estes actos são crimes que podem dar prisão até 3 anos no entanto se eu os apanhasse em flagrante antes de serem entregues à polícia iam sofrer um bocadinho!!!

-Por último, não vou discutir se presenciou ou não mas há quem confunda ver com ouvir!

Renato Azevedo disse...

Caro Dr. António Manuel Spínola de Freitas

Reconheço-lhe o direito à indignação na situação em referência. Acho deplorável, a ser verdade (toda a gente que o conhece sabe que V.Ex.a acrescenta sempre uns pozinhos às suas "estórias"), a situação aqui relatada por V.Ex.a.
Naturalmente que aqui, como em qualquer outra parte do Mundo, ninguém é obrigado a cumprimentar quem não quer mas, questiono-lhe, não acha que a atitude do Sr. (de cujo nome não me recordo) foi de uma extrema falta de educação?!
Mais, não vamos ser ingénuos, será que a identificação do referido Sr. (de cujo nome não me recordo) não terá resultado de alguns comentários verificados aquando de tal situação?
Isto sou simplesmente eu a especular porque não lá estive e, como tal, tenho de me limitar a acreditar nas suas palavras.
Quanto ao facto da polícia identificar o Sr., a mando do Dr. AJJ, deixe-me que lhe diga que mais não faz do que cumprir o seu dever já que qualquer cidadão, quando se sinta ofendido (com ou sem razão), tem o direito de solicitar tal procedimento às forças da autoridade!

Joao Luis disse...

Sou Madeirense e vivo na America.
Por exemplo, cá na America se voce for mandado parar pela policia e SE o policia chegar a sua janela e estiver com a mao dentro do casaco ou do porta luvas, como se fosse a buscar algo, voce teria imediatamente uma arma apontada a cabeca. Se ja viu o programa COPS entao sabera muito bem disto. Mesmo que seja SO para buscar uma caneta ou documentos. Eles dao-lhe tempo para tirar as coisas e quando chegam la, tem de estar pronto.

Alguem que recusa a comprimentar um politico, recusando a tirar as maos dos bolsos, sabe-se la o que pensar, e se quer criar probs recusando a tirar... isso é criancisse. Percebo que o homem morava la perto, mas porque foi ter logo ao pé do AJJ?

Alem que o AJJ pediu para identificar o senhor e nao mandou-o prender nem nada do genero. Digamos que voce se recusa a comprimentar o seu chefe de trabalho... mesmo que nao goste dele, acha que seria um gesto racional? Qual seria a reaccao do seu chefe?

Tal como o comentario anterior disse: tenho de confiar nas suas palavras. Porque se mais pessoas la estavam e se fosse de facto só esse ponto de vista, entao mais pessoas teriam relatado o mesmo.

Se voce insultar/desrespeitar uma autoridade (policia) isso é crime. O homem provavelmente perguntou-lhe se sabia quem ele era, porque provavelmente nao se tava a perceber que tava a faltar ao respeito de uma autoridade.

E queixar-se ao homem quando ta a comprir ordens, nao vale de nada.

Anônimo disse...

Vejam esta linda noticia e comentário feito no do Diário de Noticias da Madeira, ou em:
http://www.dnoticias.pt/default.aspx?file_id=dn04011010041009


O Santana sozinho em casa
Mitchell aguardou a chegada da equipa em Lisboa e hoje vai estar no banco
Data: 04-10-2009 Comentários: 1

Das cinco equipas madeirenses inseridas no Campeonato Nacional da II Divisão, zona sul cabe ao Santana jogar na qualidade de anfitrião. O conjunto do Norte da Ilha, que vai utilizar o Cristiano Ronaldo Campus-Estádio, na Choupana vai receber a visita do Odivelas, numa partida, em que os pupilos de Paulo Abreu vão tentar alcançar a primeira vitória. O início do embate está marcado para as 16 horas.


Comentários
Anónimo : Actualizado: 05-10-2009 15:06:30
Onde anda o Santana do Candelária?: Este Santana anda pelas ruas da amargura, tanto esbanjaram (Candelária, Marcelino Andrade, Rogério Gouveia (que namora com a sobrinha do Miguel Mendonça por conveniência) e Miguel Freitas (2º candidato do PSD à assembleia municipal de Santana) que agora nem dinheiro têm para pagar os motoristas do clube! Vergonha! Há jogadores que ainda nem receberam os vencimentos da época passada mas o Dr. Marcelino Andrade e o Dr. Rogério (Veiga) fartaram-se de viajar o ano passado para o continente, ficando hospedados em hotéis de luxo e carros de aluguer tudo por conta do clube e agora saíram em grande como se nada se tivesse passado! O Coelho devia vir a Santana denunciar certas coisas e jogadas que esses senhores fizeram no clube e esta comissão administrativa sabe disso e também não diz nada, porque será? Não leva muito tempo e tudo virá ao de cima, até o DN não publica certas coisas não sei se o Candelária também já passou lá a prevenir algo ou então foi o Dr. Rogério Gouveia, porque sendo adjunto do Machado das Finanças (aquele que manda o motorista levar o filho à escola com o carro do Governo) julga-se que tem o poder e ate amigos levou à conta do clube a passear!
<< >>

Anônimo disse...

http://bastaqsim.blogspot.com/2009/10/ruptura-estrategica.html