quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Destruição criativa!

O Regime acaba de ganhar novo folgo e provavelmente sem custos políticos!

-

- Nos próximos 4/5 anos a Madeira receberá fundos que de outra forma não receberia;

-

- A reconstrução e as obras financiadas sob a capa da reconstrução permitirão baixar a taxa de desemprego uns 5%;

-

- Os subempreiteiros, que não sabem fazer outra coisa e que estavam prestes a declarar falência, voltarão a sentir-se “homens de negócio”;

-

- Os agricultores, de forma geral, receberão subsídios à custa da tragédia do Funchal, Serra de Água e Tábua que de outra forma não receberiam;

-

- Haverá mais complacência em relação ao endividamento da Madeira;

-

- Os particulares que tenham perdido casa, automóvel e estabelecimentos comerciais de alguma reforma serão indemnizados;

-

- Estes momentos de pânico, irracional nalgumas localidades, fortaleceram os laços afectivos e psicológicos entre o PSD/M e as populações;

-

- Responsabilidades políticas nunca serão pedidas pelas populações pois estas têm sido cúmplices com o "sistema" nos comportamentos de risco;

-

- Àqueles que atempadamente preveniram não só não se reconhecerá o mérito mas tratar-se-á de os diabolizar;


- Aqueles que perderam os seus entes queridos nesta tragédia serão incapazes de assacar qualquer responsabilidade às autoridades pois estão imbuídos duma mentalidade muito fatalista, acreditam no destino.

-

-Apesar de tudo seria de esperar que fossem tiradas algumas lições mas o facto da terra na Madeira ser preciosa e o lobby do betão forte é pouco provável que tal venha a acontecer.

Um comentário:

Páginas Amarelas disse...

Um resumo muito triste, mas realista!