domingo, 14 de dezembro de 2008

Homenagem pública a este jornalista iraquiano!


Jornalista iraquiano atira sapatos a Bush

18h40m

Um jornalista iraquiano atirou os sapatos e chamou “cão” a George W. Bush durante uma conferência de imprensa, em Bagdad. O homem falhou o alvo por cinco metros, mas um dos sapatos acabou por bater na parede atrás do presidente norte-americano e do primeiro-ministro iraquiano, Nuri al-Maliki. Veja o vídeo

Antes de atirar os sapatos, o jornalista terá dito "É o beijo do adeus, espécie de cão".

A segurança iraquiana e os serviços secretos americanos expulsaram o jornalista da sala enquanto ele se debatia para se soltar e gritava.

Bush conseguiu brincar com a situação dizendo que apenas calçava o número 10, disponibilizando-se, de seguida, para responder às questões dos restantes jornalistas.

“Não me incomoda”, comentou também Bush enquanto pedia calma aos presentes, acrescentando, mais tarde, que não se sentiu ameaçado pelo incidente.

Outros jornalistas iraquianos pediram desculpa a Bush em nome do colega, um repórter da televisão Al-Baghdadiya.

Bush está no Iraque desde esta manhã para marcar o fim do mandato presidencial.

http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Mundo/Interior.aspx?content_id=1058882


6 comentários:

Alexandro Pestana - www.miradouro.pt disse...

loool, alta cena mas penso que o gajo não devia ter deito aquilo, vai-lhe custar caro! hehe

Alexandro Pestana - www.miradouro.pt disse...

AJJ e o seu pe-pe-deia da Mamadeira alteraram a lei do tabaco. O PS não pode deixar que isso aconteça, isto é violar os direitos de quem não fuma e tentar mandar mais que a república quando esta ilha só dá dores de cabeça ao todo nacional!

amsf disse...

Ni Iraque não faltariam milhares de voluntários para dar cabo do Bush só que isso não seria fácil! As visitas surpresa destes governantes internacionais ficam-se pela hamada Zona Verde que é um complexo de alta segurança e onde não entra uma viatura, uma pessoa sem credencial e sem que sejam metódicamente revistados! Ào jornalista só lhe restou usar uma arma cultural. No Iraque atirar sapatos a alguém é altamente ofensivo!Quem seguiu a situação do Iraque, pelos meios convencionais, não faz ideia do que lá se passa e se passou nos últimos 5 anos! Entretanto os serviços secretos americanos têm conseguido censurar o Youtube por forma a que sejam retiradas as imagens chocantes que de outra forma não chegam cá fora!

3RRR disse...

É o meu herói.

Andesman disse...

O jornalista não foi militar, porque se tivesse sido atirava primeiro e falava depois. Assim Bush não se esquivado.

Scherzan disse...

Levar com um sapato é pouco para o que ele realmente merecia. Onde estão as armas de destruição maciça e o novo Iraque que ele prometeu?
Creio que o que sentem os iraquianos, é que mais valia viver em ditadura do que ver o seu país destruido por um ganâncioso fanático por guerra que não consegue acertar uma frase correcta.
Claro que isto é relativo...
É uma vergonha ver museus, mercados aeroportos, e edifícios destruídos só para capturar um homem. É mais que ridículo...próprio de um homem sem escrúpulos. P´roprio de Bush!
Mas isto já estava escrito na história antecipada. O povo é que só vai sabendo das coisas À medida que vão acontecendo.
Zeitgeist...