quinta-feira, 24 de abril de 2008

Humilhado publicamente graças à vaidade "jornalística" do Ultraperiferias



-O blog Ultraperiferias tentou criar a ilusão de que haveria uma genuína onda de apoio ao AJJ.
-Manipulou as declarações de líderes do PSD, que não passariam de palavras de circunstância ditas de forma a não hostilizar AJJ e os votos que este representaria, por forma a parecerem declarações genuínas de apoio. Essa onda artificial atraiu aquilo que o próprio AJJ chamaria de “idiotas úteis” mas não foi suficiente para transformar a pseudo onda numa verdadeira onda nas condições exigidas pelo próprio. Habituado a navegar num universo em que tudo controla não teve coragem para enfrentar este desafio apesar de, supostamente, ter o apoio das maiores distritais do PSD (Lisboa, Porto, Algarve, Madeira, Açores, etc).

-“Traído” por Santana Lopes, ao qual prometeu apoiou no discurso partidário da Ribeira Brava – num acto oficial de Presidente do Governo Regional – não vejo como é que Jardim poderá “entregar o ouro ao bandido”! Ouro que na verdade não é só seu como se pôde ver nas últimas directas. Jardim apoiou Marques Mendes no entanto Miguel Albuquerque roeu-lhe a corda e com isso conseguiu um lugar na equipa de Menezes! Se AJJ não se candidatar só lhe restará apoiar a Manuela Ferreira Leite. Esta candidata será o alibí que usará para esconder a sua cobardia política. Aparentemente tem pudor (sic) em disputar as directas contra uma candidata que supostamente é apadrinhada por Cavaco Silva. Sr. Silva que é o mais recente amigo do AJJ!

-Perante o trio Cavaco Silva, Sócrates – se não virar ligeiramente à esquerda – e Manuela Ferreira Leite (líder da oposição) só restará ao eleitorado de esquerda votar no BE ou na CDU.

-A imagem pública na Madeira do AJJ não sairá minimamente beliscada por razões que a psicologia de massas e o medo explicam. O cidadão comum é incapaz de descortinar os fracassos tácticos e estratégicos do seu líder de sempre por falta de informação e por razões do foro psicológico e também porque os fazedores de opinião receiam perder as benesses ou o ganha-pão que legitimamente possuem!

-Apesar de tudo não percebo porque não se candidata. Sei que é filho único, que não está habituado a fracassar publicamente no entanto não vejo razões para temer colher o fruto que supostamente tantos lhe põem ao alcance da boca. Cobardia política, amor à Madeira, momento astrologicamente desfavorável?!

-Por amor à Madeira não será porque como Primeiro Ministro poderia pagar a dívida da Madeira (c/ três mil milhões de euros) que acumulou nos últimos anos.

14 comentários:

BaBy_BoY_sWiM disse...

Até ao lavar dos cestos é vindima... Mas espero que não se candidate!

amsf disse...

Eu próprio não dou como garantida a desistência pois gerir os silêncios pode ser uma táctica para chamar as atenções sobre sí. Não é só falando e gesticulando que se consegue atingir esse objectivo...

Vou explicar: aqueles que muito provavelmente terão mostrado algum apoio público com a intenção única de o lisongear e "sacar-lhe" os votos aparecerão publicamente nestes dias e de forma fingida a lamentar-se pelo dr. AJJ não se ter candidatado, alguns simulando inclusive desilusão e frustração, difílmente poderão retirar-lhe o apoio assim que ele de forma surpreendente se candidate. Isto é acção psicológica e ele sabe-a usar...

blindpeople disse...

o gajo que sabe manipular là isso sabe que o digam os ¨tacheiros¨!!

blindpeople disse...

Correcçâo, ¨povo da parvÔnia¨

Anônimo disse...

AJJ não quer liderar o PSD!
Pensem um pouco e logo percebem...

Alexandro Pestana - www.miradouro.pt disse...

Se AJJ fosse pro PSD nacional fazer o mesmo que faz na Madeira, eu penso que seria corrido daqui do rectângulo encima dum par de patins! lol

Andesman disse...

O PSD está numa manta de retalhos. Só assim se compreendem estas movimentações e a hipótese AJJ.

Anônimo disse...

Penso que este 8º deputado do PS-M vai dar muitos votos e credibilidade para 2011!
Vai ser um sucesso!
Viva o Coelho, também já condenado em tribunal!

BaBy_BoY_sWiM disse...

A verdade é que o Alberto João continua a sua luta... E ameaçando não votar, os candidatos ficam sem os votos dos militantes da Madeira!

Ainda muita tinta irá correr...

E no continente ele iria sem dúvida conseguir ganhar ao Sócrates!

amsf disse...

Baby

Não votar significa perder capacidade de influência no PSD nacional. Por outro lado até é melhor que ele não o faça pois ultimamente anda a apoiar os "cavalos2" errados...apoiou o Marques Mendes mas quem venceu as directas foi o Filipe Meneses!

Curiosamente ameaça não apoiar ninguém no entanto exigia que todos o apoiassem...o menino mimado está mal habituado...

Alexandro Pestana - www.miradouro.pt disse...

Coitado do PSD... lool, se com estes circos todos a procura de um líder pensam que vão derrotar o Sócrates estão bem lixados porque não vejo nenhum PSD capaz de fazer oposição ao Sócrates porque pura e simplesmente o Sócrates está a fazer o que tem de ser feito. Pode ter feito uma coisa aqui e ali menos bem mas a grande maioria do que tem sido feito até agora foi bom para o país e contra factos não há argumentos, é por isso que os PSDs não se aguentam cá no continente porque não atingem o patamar da ciencia e do conhecimento do PS! AJJ aqui a fazer oposição a Sócrates era lindo de se ver e que ele fosse falar pra aqui como fala na Madeira... looool É só rir!

Anônimo disse...

Pois, mas Sócrates tem medo de vir à Madeira!

blindpeople disse...

o ajj no continente nâo tinha hipoteses nenhuma, era cilindrado pelo ps, eu nâo tenho duvidas nenhumas quanto a isso!
FORÇA ALBERTO VAI PRO CONTINENTE.

Anônimo disse...

João Carlos Gouveia não gostou das declarações do deputado do PND e de uma forma surpreendentemente dura: "Queria dizer muito claramente ao senhor deputado que acho abusivo usar o meu nome, tanto o senhor deputado como os dirigentes do PND, os que ficaram em casa e planearam isso, usaram o meu nome hoje, e usaram-no durante a campanha eleitoral, para o senhor estar aqui. Reprovo a sua atitude por duas razões: primeiro pelo gesto e segundo pelo desrespeito sistemático em relação ao senhor Presidente da Assembleia que merece todo o respeito, a ALRM é a Casa sagrada para os deputados, é a nossa Casa, sinto-me desonrado pela posição do senhor deputado e ofendido pelos dirigentes do PND e pelos que o apoiam que sistemática e abusivamente usam o meu nome"
Vítor Freitas, líder parlamentar do PS, também foi claro: "Quanto se desrespeita este Parlamento desrespeita-se os eleitores. Pedia para não continuar com esse protesto. Há muitas formas de protestar. O uso da palavra deve ser uma forma de protesto, outro tipo de adornos nós não concordamos".
Tranquada Gomes do PSD lamentou que o deputado em questão "seja usado neste tipo de palhaçadas por terceiros, que não dão a cara, dando razão às pessoas que nos criticam e que não se revêem neste parlamento".
José Manuel Rodrigues, do CDS/PP: "Todos os deputados têm o direito a fazerem os protestos que entenderem, mas devem fazê-lo pela palavra, e não através de folclores políticos que não levam a nada. Apelo ao deputado do PND que respeite a dignidade deste parlamento e não o faça por via desta provocação para protestar contra a atitudes anti-democráticas que ele considere que o PSD está a cometer. A continuar assim os dois deputados do CDS/PP vão abandonar a sala".