terça-feira, 18 de março de 2008

Uma questão de estilo?


Juvenal Rodrigues in DN (Madeira)

O Dr. Jardim e os raios ultravioleta
Data: 16-08-2007

O calor do sol, os raios UV e a poeira da areia amarela do Porto Santo contribuem decisivamente para os episódios mais "garotescos" que o Dr. Alberto João protagoniza. É bem verdade que ele ao longo da sua carreira política nunca demonstrou uma educação esmerada para bem da imagem da Madeira no exterior, porém, é no areal, talvez por influência do clima, que essa aparente educação desequilibrada e as declarações extremistas atingem o auge dando origem a sequelas políticas para mais tarde recordar. Foi o episódio do ex-presidente da C.M.F. Virgílio Pereira em 1993, a vergonha das "universidades da má-língua", ou será de "Verão" (também não interessa porque é tudo a mesma caldeirada de falta de vergonha e bom senso), até o ultimo episódio, mostrado pelas imagens da RTP-M no telejornal de 13/08/07 onde o Dr. Aberto João Jardim, bem ao estilo do bom "western" americano, mostrou uma vez mais o seu verdadeiro carácter quando se dirigiu aos jornalistas que o inquiriam sobre o episódio vice-presidente do Governo versus C.M.F. ao responder numa linguagem imprópria para consumo: "O relacionamento entre as duas partes sempre esteve óptimo para desgosto dos comunas do Diário de Notícias", e a uma questão colocada por uma senhora jornalista, respondeu-lhe grosseiramente com um gesto de desprezo, "a senhora não me chateie". Não a respeitou como profissional no desempenho da sua missão de informar o Povo nem a respeitou como mulher e ser humano. Dir-me-ão: há, aquilo é mesmo o estilo do Sr. Presidente do Governo Regional! Mas será que todos os madeirenses se têm que rever naquele estilo? Será que queremos passar uma imagem de povo primata, estúpido, rude e sem educação de uma ilha perdida no Oceano? Não será mais fácil o senhor presidente moderar esta linguagem de dono e senhor da ilha e do seu povo? Sinceramente juro que não sei que praga ou maldição se abateu sobre esta terra para que 60% dos eleitores votantes depositem confiança num homem tão politicamente insensato. Estou até tentado a compreender o que leva ao desnorte do Dr. Alberto João Jardim. Ele vê o controle do PSD-M a fugir-lhe entre os dedos como a areia fina do Porto Santo, sabe que o partido que o sustentou todos estes anos no poder, mesmo que se queira demonstrar o contrário, está irremediavelmente a rebentar por dentro porque ele na sua inexorável sede de poder absoluto não permitiu que ninguém se chegasse à frente em tempo oportuno e agora tenta a todo o custo controlar e esconder as inevitáveis quezílias. No entanto nada justifica estes desaforos públicos mesmo que sejam protagonizados por quem são. Se hoje estou mais uma vez a escrever contra os excessos do Dr. Alberto João Jardim é porque a minha educação se recusa determinantemente a pactuar com uma linguagem baixa e ofensiva para qualquer ser humano, seja político, jornalista ou varredor, por isso, se necessário for subirei ao cume da montanha mais alta da minha terra e gritarei bem alto para que seja ouvido nos quatro cantos do Mundo: eu não me revejo nas palavras ofensivas, arrogantes, malcriadas e populistas que o Sr. Presidente do Governo Regional da Madeira profere. Espero que as pessoas de bom senso e educadas façam coro comigo porque é a imagem da nossa Madeira que está a ser posta em causa por esse mundo fora. O comportamento egoísta do Sr. Presidente apenas demonstra o desespero de um homem que já nada tem a perder, porém, ele passará mas a Madeira ficará para as gerações vindouras.

7 comentários:

Anônimo disse...

É impressão minha ou são sempre os mesmos (a tal meia dúzia) a criticarem o Dr. Alberto joão Jardim?!!
Ah, já me esquecia, tal acontece porque o "resto" da população madeirense é burra demais para perceber os efeitos maquiavélicos associados ao jardinismo...

amsf disse...

Felizmente que temos pessoas tão inteligentes como este anónimo! Ao longo da história humana as maiorias sempre tiveram razão...a razão própria do unanimismo. O peso da realidade acaba por ser mais forte do que estes unanimismos e quando isso acontece as multidões entram em pánico pois não percebem o que as atingiu!

Anônimo disse...

salvem o nosso ps.

O Sindicato dos Magistrados do Ministério Público (SMMP) quer que o PS/Madeira venha a público retirar o que disse sobre as suspeitas de corrupção contra magistrados do Ministério Público colocados na Região Autónoma da Madeira. E quer também que os magistrados deixem de ser usados na guerra político-partidária.



Em declarações ao JN, António Cluny, presidente do SMMP, garantiu que os processos disciplinares instaurados contra quatro magistrados "nada têm a ver com os casos de corrupção" denunciados pelo PS da Madeira, não podendo esclarecer, no entanto, o que está por detrás dos processos. "Que páre de se fazer o aproveitamento político destes factos", sublinhou António Cluny.

Anônimo disse...

o ps devia falar mais no insucesso objectivo da educação na madeira, apesar do dinheiro gasto.

amsf disse...

Caro anónimo 19 de Março de 2008 10:16


"Salvem o nosso PS"???!

Seu concerteza que não é! Esse truque da falsa bandeira é velho no entanto acredito que ainda funcione...mas não comigo!

Ao anónimo das 19 de Março de 2008 11:12

De nada serve falar se as pessoas não querem ouvir...A solução está em conseguir fazê-lo superando as palas que muitas pessoas ainda têm...conseguir isso é muito difícil. Se estivesse atento já teria ouvido o PS fazer essa abordagem sobre a educação na Madeira; baixa qualidade vs alto investimento.

Ex: Um "tarado" por numismática pode falar entusiásticamente sobre o assunto, revelar grandes conhecimentos, no entanto só conseguirá ganhar a atenção e a admiração por um outro igualmente "obsecado" por esse assunto, os restantes ou o ignorarão ou o considerarão maluco. Como vê a natureza humana é complexa e de pouco serve termos "razão". Terá que acontecer algo fora de vulgar que provoque uma ruptura emocional/psicológica que leve os madeirenses a serem mais críticos e exigentes...

BaBy_BoY_sWiM disse...

O PS que feche para balanço... eheheh

Estou a brincar como é obvio!

amsf disse...

Parece-me que o PSD/M também anda a balançar...não sei de para ganhar velocidade ou para se despistar!