quarta-feira, 31 de outubro de 2007

Inércia

Sofia Correia in DN (Madeira)

Dirigentes subservientes
Data: 20-06-2007

Relativamente à carta do leitor do senhor vereador Henrique Costa Neves, gostaria de questionar o seguinte:
1 - Quando V. Exa era o responsável pela Reserva Natural das Ilhas Selvagens, como Director do Parque Natural da Madeira, por acaso informou o Instituto Nacional de Aviação Civil, vulgarmente denominado INAC, sobre a reserva daquele espaço aéreo devido à importância ornitológica do mesmo? E mesmo depois, já alguém o fez?
2 - Quando a lagoa do Parque de Santa Catarina foi esvaziada e mataram dezenas de peixes asfixiados, alguém foi chamado à razão e responsabilizado pelo assunto ou isso também caiu num "humilhante esquecimento"?
3 - Concordo plenamente com o que diz na sua carta de leitor mas, não acha um pouco ridículo ser você a dize-lo? É que o Eng. Henrique Costa Neves refere que "repetem-se as mesmas cenas há já muitos anos" o que quer dizer que quando desempenhava o cargo de Director do Parque Natural da Madeira também não "exprimiu o seu repúdio oficialmente" pois não? Assino por baixo das suas sábias palavras "Nada há de mais dramático do que as tibiezas de actuação, a inércia e a não resolução das situações" mas ainda acrescento, por parte de quem tem poderes para isso.

4 comentários:

amsf disse...

De acordo com as declarações deste Sr. engenheiro e na sequência das declarações do Raimundo Quintal, sobre o estado das ribeiras do Funchal, ficamos a saber que a CMF quase não tem qualquer responsabilidade sobre esta situação.
Se encontrassem ouro nos leitos das ribeiras rápidamente apareceriam pareceres a reinvindicar a jurisdição, por parte da câmara e do Equipamento Social, sobre as ribeiras!

Alexandro Pestana disse...

Esta bonita esta carta... Nas cartas do leitor e no jornal da RTP-M vamos sabendo algumas coisas graves que andam ocultas por essa madeira fora... lol

rouxinol de Bernardim disse...

Bonito, sim senhor... gostei imenso!

Mazzola disse...

Bom dia pessoal! Hoje está a correr barato: lapas a 5 € e polvos a 7 €. mazzola@gmail.com