quarta-feira, 13 de junho de 2007

JOTAS

Anónimo disse... in http://conspiracaoas7.blogspot.com/search?updated-min=2005-01-01T00%3A00%3A00Z&updated-max=2006-01-01T00%3A00%3A00Z&max-results=50
7/25/2006

Isso não tem nada a ver com ser de esquerda, de centro ou de direita. As jotas não fazem sentido nenhum. Aquilo só serve para formar gente no lado negativo da política. Intriguistas, interesseiros, vadios, mal-educados, sem escrupulos e oportunistas profissionais, é isto que sai das jotas. Todas. Além disso é `são agências de emprego. Estou convencido que um dos cancros da política nacional são as jotas. Ima~ginem que todos os partidos faziam um acordo e cabavam com as jotas. A médio prazo, os jovens que iriam aparecer nos partidos não seriam broncos(as)sem instrução, sem ideias, ou qq mais-valia para a política, mas sim jovens com experiências de vida (fora da política) na sociedade real, que viriam de outras organizações como as ambientais e voluntariados. Estes trariam novas formas de ver os problemas e novas soluções, teriam um discurso pensado pela propría cabeça e alicerçado em experiência e conhecimentos têcnicos. E iriam ser candidatos e/ou subir nas hierarqias dos partidos pelos seus mêritos propríos e não porque, apesar de não constituirem um mais-valia, ocupam uma lugar na jota que lhes dá acesso directo a lugares elegiveis e nos órgãos do partido.
12:34 PM

5 comentários:

.fm disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
.fm disse...

quem escreveu este texto deve ser algum filho de carro preto, ultrapassado na lista de colocações da mamadeira por um carreirista de juventude partidária. a quantas guerras destas já assistimos. só k o pessoal "das jotas" ainda tem como apresentar trabalho, os outros meninos só têm o nome do pai para se promoverem. lol

Anônimo disse...

desculpe lá mas o que ele diz das jotas tem toda a razão. aquilo é um antro de jogatanas e de aldrabices só existem para meia dúzia mamar e enganan-se uns aos outros. ensinam o que de pior tem a política. não ensinam nada de bom. são o mau da vida política partidária e no geral também. faço parte de uma delas e aquilo é um nojo nem imagina.

.fm disse...

caro anonimo, eu até percebo o que quer dizer, mas não podemos confundir os principios com aquilo que depois as pessoas que lá estão fazem... os grupos de jovens só servem para os pais arranjarem namorados aos filhos, os escuteiros para os pedofilhos estarem ao pe das criancianhas, as associações desportivos para os dirigentes politicos mamarem um extra e controlarem a freguesia, as casas do povo para controlarem de perto os agricultores e bordadeiras, as secretarias do governo para darem emprego aos amigos deles... percebe onde quero chegar? o problema está nas pessoas, não nas instituições e é por isso que não nos podemos demitir de participar e denunciar os que usam as instituições para beneficio próprio. exa que estou demasiado errado? fica a deixa!!!

Anônimo disse...

se analizar por fora concordo consigo. as instituições não podem ser acusadas daquilo que as pessoas que as controlam fazem. percebi o seu raciocinio mas o problema é q algumas dessas instituições não servem para nada pq quem as dirije apenas trabalha para os eus jogos pessoais e lucro pessoal. quem se mostrar crítico e denunciar é imediatamente excluído, por isso ou entras na lama ou sais. ou falas e levas bombas nas pernas e tudo fica na mesma ou calas-te e tudo fica na mesma.é o q acontece as jotas e n é só àquela q faço parte. olhe a sua volta e diga-me o q vê. alguma coisa fazem senao n existiam e o resto? só vemos pobreza de espírito, coisas superficiais etc. mas reconheço que ainda há alguma coisa de útil mas o pouco q se faz naõ compensa os gastos físicos e monetários. o q as jotas ensinam e o de pior dos adultos. e o q fazem nem serve para se afirmarem como diferentes e irreverentes, nem isso fazem a não ser as bebedeiras, as corridas as tascas os escessos a todosos níveis prporios dos mais novos. também gosto de algum excesso mas não compartimentado. entende?